domingo, 18 de maio de 2014

Despedida

Essa é a última carta que te escrevo. Nessa hora o seu caminho já é outro tão distante do meu, tão longe. Em que parte nos perdemos? Em que trecho deixei você partir?
Não tenho mais forças para lutar e hoje vejo o nosso amor esvaindo. O último fio de esperança se foi.
Você era o meu futuro e agora se tornou passado. Por que deixamos o nosso presente de lado?
Seguirei não como uma folha levada, mas como o vento.
Seja feliz meu bem. Onde quer que você esteja seja feliz...
Porque eu farei todo o possível para ser feliz também.