18 de julho de 2019

Ás vezes

Ás vezes eu quero ir embora...
Ás vezes eu quero sumir...
Ás vezes eu só quero respirar...
Ás vezes eu preciso de espaço...
Ás vezes eu só quero companhia...
Ás vezes eu só queria que as pessoas me compreendessem...
Mas se não compreendessem me aceitassem como eu sou ...
Não sou quem esperam que eu seja, há algo errado nisso ?
Não sou seus ideais e expectativas sobre mim...
Não me encaixo em certos padrões.
E por falar em padrões quem os criou ?
Não consigo ser quem eu não sou.
E a angústia de ser eu me consome por dentro

14 de julho de 2019

Não temos o controle de nada.

Eu estava feliz porque finalmente iria fazer a bendita aula prática na autoescola, depois de algum tempo tentando achar horário na instituição e disponibilidade minha. Tudo certo, até eu perder minha carteira com celular, documentos, dinheiro, cartões, toda uma vida profissional. dois dias antes de acertar minha vida no DETRAN com relaudo etc, etc. De inicio me desesperei, mas depois veio uma calmaria porque veja bem: Eu não posso fazer nada!
Refiz o percurso, liguei para algumas pessoas, e vou registrar ocorrência. Mas eu não tenho como desfazer o ocorrido, é algo que está fora do meu alcance e não vou me desesperar por isso, mesmo tendo inúmeras questões para resolver, inclusive questões de saúde.
Tem coisas que não temos o controle e não estou me isentando da culpa de perder minha carteira. Estou simplesmente dizendo que por mais que eu quisesse acrescentar um fio de cabelo a minha cabeça ou um centímetro a minha estatura (como diz na Bíblia) eu não poderia.
O que eu posso fazer é ter fé, orar e acreditar que vão me devolver.
Mas o que aprendi com isso ?
Descansar...
Descansar em Deus. Eu não posso ter o controle sobre tudo.
Na verdade eu não tenho o controle de nada. Nadinha mesmo
Nos iludimos achando que podemos prever o futuro, nós não sabemos o que vai acontecer daqui a um segundo.
Amanhã posso nem estar mais espirando e aí? Ninguém sabe o dia da morte também. E aí está o mistério da vida nos encontros, desencontros, perdas, ganhos. Em saber recomeçar a partir de um final. De se reinventar a cada instante.

Vou torcer para que quem ache meus pertences entenda que sou uma professora que mora longe da sua cidade natal que está tentando tirar a habilitação e cuidar da saúde mental e física, mas se não perceber, tudo bem também.

P.s- Esse texto é um relato real de algo que aconteceu hoje.
Pps- Não sou uma pessoa altamente evoluída, só estou tentando extrair os lados bons dessa ocorrência, rs

Dois xeros


5 de julho de 2019

Você a deixou ir





Você a deixou ir, deixou o amor escorrer por seus dedos.
Ela era como o sol que iluminava as suas manhãs e você a deixou ir.
Ela estava lá quando não tinha mais ninguém.
Deixou ela partir...
Você sabe todos os seus sonhos e segredos e a deixou partir com o coração na mão.
Ela nunca soube ao certo o que sentir , mas ela sentia expressava de muitas formas.
Você deixou o sorriso dela escapar por aquela porta.
Hoje você sente a falta daqueles olhos ....
Hoje você vê que errou em deixa-la partir.
O amor não é tão fácil de encontrar.
Você o encontrou e deixou partir...
arrows0d7e3.png arrow9ae45.png construction3263b.png
© Notas de um coração | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.