sábado, 27 de outubro de 2012

A verdade em teus olhos.

                                                                                 
Quando olho em teus olhos. 
Vejo a verdade no mirar.
Primavera em sintonia.
Música e poesia.
Fico só a admirar.


Inspirada na Música Estações de Catedral.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Sobre pontos e Interrogações



Eu queria poder te ligar e dizer que está tudo bem, que tudo vai ficar bem. Mas não é assim, não por enquanto. A saudade vai doer sempre que você lembrar, as madrugadas não vão ser tão fáceis (pra não dizer dolorosas)  e todos os lugares que passaram juntos, quando visitados trarão inúmeras recordações e seu coração muitas vezes vai doer tão forte que você vai achar que não vai suportar. Porque é como se tivessem arrancado um pedaço de você, é como se estivesse faltando uma parte sua, é como se fosse uma dor na alma e ninguém além de você e Deus sabe a intensidade disso. Então você vai achar que a vida aqui não tem mais sentido, que esse mundo desbotado não tem mais sabor. Porque todos os dias parecem cinzas,  frios e nublados. Mas com o tempo você vai se acostumar com a saudade, o que não significa que ela não venha te visitar em doses exageradas uma vez ou outra quando aquela música tocar você pode derramar lágrimas, você vai chorar e isso não é errado. Muitas vezes você vai se vestir com um sorriso por fora mas com o peito desabando por dentro, isso porque as pessoas precisam de você então demonstra forças além dos seus limites. Eu sei que lá na frente, você vai sorrir de novo, vai brilhar de novo, vai viver e não apenas sobreviver ... mas por enquanto dói. Porque o fim e o eterno não cabem em nossa limitada mente humana então tudo o que vocÊ pode fazer é se agarrar as pontinhas de esperanças e a um grão de Fé (por menor que seja) para acreditar no amanhã, mesmo quando o hoje parece não ter sentido.



segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Viver é como pular poças.


Viver é como pular poças.
Um passo aqui, outro lá.
Cuidado para não se molhar.
Equilíbrio para chegar.

domingo, 14 de outubro de 2012

Do que restou...


Sabe? Ainda sinto a sua falta. Não é aquela saudade extrema, mas sinto falta de você. Esses últimos dias passei por momentos difíceis e o que eu mais desejei foi ter você aqui do meu lado para me ajudar. Pois apesar de namorados éramos amigos. Em um desses conflitos quis te ligar, desabafar e sei que (em outro tempo talvez) você ouviria tudo calado e no final diria com voz doce e firme: - Calma, vai ficar tudo bem, isso vai passar, respire... Eu respiraria fundo e iria me acalmar, e então daria risada das besteiras que você me falaria ao telefone só para me fazer sorrir. Mas infelizmente não é assim. Seguimos caminhos diferentes e eu não tenho direito de vir e intervir no seu caminho quando eu bem entender.
Você lembra quando eu dizia que tinha medo de que tudo acabasse ? É parece que eu estava prevendo o que iria acontecer. E quando acabou, parecia escuridão, era como se o sol não brilhasse mais. Mas o tempo passou e eu estou aqui respirando, seguindo, buscando sonhar. Apesar dessa cor que sobrou de um desbotamento azul. Essa cor que deixou nosso adeus.

Texto escrito para o Desafio Blogueiro

terça-feira, 9 de outubro de 2012

E se...

E se eu segurar tua mão?
E se eu não soltar?
E se eu confiar em você?
E se eu me apaixonar?

E se eu me arrepender?
E se eu me machucar?
E se eu sofrer?
E se eu não souber amar?

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Meme literário do mês.

DIA 06- Um livro que todos deveriam ler pelo menos uma vez.

A Cabana, apesar de não concordar exatamente com tudo do livro. é interessante para termos outra visão sobre alguns assuntos: verdade, mentira, sofrimento, Deus.

DIA 07- Você já pensou em escrever um livro?

Já, na verdade ainda penso. Mas preciso amadurecer muito ainda.


DIA 08-  Cite um livro que você gostaria que nunca acabasse.

Bom, todos os livros que eu gosto muito eu tenho essa sensação. Mas se não terminar não poderei ler outros. mas aí vai um: Mil dias em Veneza de Marlena de Blasi.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Meme literário do mês.

Tinha começado a postar no Facebook mas acho que por aqui fica mais organizado.

Dia 03Como você escolhe seus livros?

Pelo título, e pela sinopse. Quando alguém que eu gosto muito também me indica acabo 

lendo tbm.

Dia 04-  Você costuma lê certo livro só porque ele está em voga?
(Você é do tipo que lê o que todo mundo está lendo só para estar na “moda” ou segue o seu próprio estilo de leitura?)

Fico curiosa pra ler mas só leio se alguém que eu sou bem próxima já tiver lido e me indicar.
Mesmo assim, por já ter outros na lista de espera, quando vou ler já saiu de moda, rs.

Dia 05-Você costuma ler graphic novels e/ou gibis?

Sou apaixonada por gibis e tirinhas. Minhas primeiras leituras quando criança eram as revistinhas da Turma da Mônica. Hoje curto as tirinhas da Mafalda e Peanuts. Mas não posso ver uma HQ que já vou lendo.

P.S - caso queiram acompanhar os dias anteriores basta ir para o marcador interação.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

ODEIO...

Odeio me sentir inútil.
Odeio quando isso me parece real.
Odeio quando as palavras não saem.
Odeio quando engasgo por dentro.
Odeio quando os pés não se movem.
Odeio quando as lágrimas caem.
Odeio quando a dor não para.
Odeio essa situação.

Odeio...

Odeio...

Odeio não poder ajudar.

Odeio ter que me calar.
Odeio não poder chorar.

Odeio...

Odeio...

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Meme literário do mês.

Dia 01: Que livro você está lendo?

Estou lendo Por uma educação romântica de Rubem Alves. Já estou terminando. Estou amando o livro, é bem daqueles que você para de ler para não terminar. E como sou da área de Educação, tudo a ver comigo.

Dia 02: Qual foi o último livro que leu e qual é o próximo livro que lerá?

Bem, o último que eu li foi: Mulheres Inteligentes, relacionamentos saudáveis de Augusto Cury. Não que eu acredite em fórmulas para relacionamentos. Mas quando preciso me distrair gosto de ler livros assim.

O próximo será: A última Música de Nicholas Sparks , porque amo romance.

A chuva de hoje.


Hoje choveu, eu não esperava.
Hoje choveu e a lua brilhava.
Hoje choveu e foi de repente.
A chuva lavou, molhou a semente.

Hoje choveu, as luzes piscando.
Estrelas no céu em pares dançando.
Hoje choveu, mas foi diferente.
A chuva me deu um riso contente.

27/09/2012