25 de maio de 2018

As palavras fugiram


As palavras sumiram, esconderam-se, emudeceram.
Não as encontro por onde quer que procure.
Eu as perdi em meio a rotina, em meio ao caos. 
Preciso digeri-las novamente, preciso descobri- las, fazer renascer.
Frustro-me na tentativa de buscar a poesia que se foi, que me deixou, que virou as costas para mim. 
Eu que sempre fui poesia, tornei-me escrita reta. 
Talvez nos encontremos em algum horizonte distante, tão longe que ainda não consigo enxergar. 
Só espero que um dia ela volte, porque viver sem poesia é como viver sem respirar.

13/04/2018

9 de fevereiro de 2018

Para ouvir- Adoração

Olá Pessoas como estão? É ano novo e resolvi voltar a escrever por aqui com dicas de músicas. E a dica dessa vez são músicas de adoração.  Adorar é um ato de amor, respeito, reverência. Listei abaixo algumas das músicas que conheci ano passado e que fazem parte de minha playlist, espero que gostem ( algumas já são bem conhecidas no meio cristão).


GABRIELA ROCHA- LUGAR SECRETO




ISADORA ´POMPEO- MORADA



LUMA ELPÍDIO - NO SECRETO



LAURA SOUGUELLIS - SÓ QUERO VER VOCÊ




Um abraço !

1 de janeiro de 2018

Acabou.



Não gosto de escrever textos de final de ano. Não gosto de escrever finais e vou confessar que acho clichê...não sei ser clichê. Mas esse ano foi diferente. Diferente porque foi um ano cheio de mudanças internas e externas...me aproximei de algumas pessoas, me afastei de outras, cortei o cabelo, perdi amigos, chorei, sorri, achei que ia surtar, mas não surtei. Crescer dói, amadurecer dói e é um processo lento e contínuo. Dou graças ao ano que passou e passou. Quase não ando mais por aqui, quase não escrevi...mas senti vontade de despejar umas palavras aqui e a palavra que quero para 2018 é ESPERANÇA.
     
Esperança nos dias sombrios, nas tribulações, nas decepções e na solidão. Nos momentos difíceis Deus sempre manda o escape que por vezes podem ser pessoas, palavras ou até mesmo uma canção.
Aprendi que preciso encontrar a paz em meio ao caos. É preciso ter fé.
Que no ano que está chegando eu tenha mais leveza no caminhar e siga com a singeleza de uma criança que tem um mundo inteiro a descobrir.

Um feliz 2018!

Xero !

29 de outubro de 2017

Ei, quer um chá?


Olá pessoas como estão? há um tempo que eu queria escrever esse texto...mas faltou ânimo, coragem e é sobre isso que preciso falar com vocês.
As coisas mudaram bastante e eu passei e ainda estou passando por momentos de adaptações- mudei de cidade , de casa, de emprego. Vieram mais responsabilidades entre outras coisas.
Também passei um período triste e desanimada ( sem um possível motivo aparente ) e tudo isso me desanimou a escrever. E era um ciclo eu não escrevia porque estava triste e ficava triste ´porque não estava escrevendo. Mas eu sou isso aqui, essas letras tortas, bagunçadas sou Eu. Quero arrumar essa casinha - blog deixar bonitinha e tal, mas enquanto isso vou continuar escrevendo com ou sem inspirações, por dias sópuxar a cadeira e oferecer um chá e um bate papo.
Espero que me entendam e não desistam desse cantinho. Que eu também não vou desistir.
Pretendo falar sobres assuntos mais academicos, ligados a Neuroaprendizagem, a questões psicológicas, mas tudo no seu devido tempo. Por enquanto vou tirando uma poeira aqui outra acolá e só posso adiantar que muita coisa boa ta vindo por aí- ao menos eu penso que sim.

Um xero no coração.

Bom domingo, seus lind@s

22 de outubro de 2017

O moço da calçada.


Nesses passos tortos te encontrei por aí sentado em uma calçada olhando a vida passar.
A vida passa depressa meu bem, mas você parecia não se importar com isso. Com o seu sorriso largo me convidou para sentar também.
- Vem vê ...como correm essas pessoas, não apreciam o sabor do caminhar.
Um dia eu te dei a mão, no outro você me deu a sua e seguimos juntos na contramão do destino.
arrow9ae45.png construction3263b.png
© Notas de um coração | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.