domingo, 29 de novembro de 2015

Ele e Ela

Imagem: Tumblr

Ele viu nela o que nenhum outro tinha visto antes. Viu as covinhas quando ela sorria, o brilho nos olhos ao falar e a leveza ao contar "suas aventuras".
Ele insistiu quando ela já havia desistido. Ele a amava e para ele, ela era única e especial: a menina do vestido branco.
Ela o amava, talvez mais cedo do que ela imaginava. Ele tinha o coração nas palavras, ele era seu porto seguro. Ela encontrou nele carinho, atenção, poesia. Amor
É meus caros, era amor...
Mas a vida tem dessas, muda o rumo, as rotas, os caminhos.
De repente já não eram os mesmos.
Ela já não tinha o brilho nos olhos.
Ele já não tinha forças para lutar.
Começaram a andar em sentidos opostos como se fosse a única solução possível.
Na minha opinião faltou um pouco de cada coisa.
Nela, um pouco de paciência.
Nele, um pouco de coragem
Em ambos um pouco de fé.
Espero que seus caminhos voltem a se encontrar um dia.
Porque vê-los juntos era uma das melhores coisas dessa terra.

E vai por mim, eu sei do que estou falando

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Despromessas

Ele prometeu sorrisos , ela ganhou lágrimas.
Ele prometeu encontros, ela ganhou partidas.
Ele prometeu futuro, ela ganhou passado.
Ele prometeu companhia, ela ganhou solidão

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Querida Sophie (2)


Estou tão longe de ti querida, tão longe de te encontrar. ás vezes penso que isso não será possível. Sabe Sophie aqui na Terra está difícil: guerra, falta d' água e principalmente falta de amor. Há dias que choro, outros simplesmente prefiro não ver as notícias.
Queria um mundo melhor para você filha e queria ser uma pessoa melhor também.
Não sei se um dia você chegará a ler essas cartas, mas quero que saiba que dos meus sonhos você é o maior.
Essa semana vi um bebê sorrindo e imaginei como será quando eu te segurar pela primeira vez em meus braços.
Espera mais um pouco filha que eu peço ao Pai do céu para abençoar o nosso encontro.

Com amor, mamãe.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Olhando as estrelas.

Imagem: Google

Ontem eu arrumei o meu quarto, mudei as coisas de lugar. Inventei mil coisas só para pensar em você. A noite lágrimas vieram e fui para o quintal da casa e subi no ligar mais alto que pude.
Fui olhar as estrelas.
Tenho medo de altura e você sabe disso, mas dessa vez não tive. Porque a gente tem menos medo quando não se tem muito a perder. Então altura não me pareceu tão assustadora, até poque eu estava olhando para o alto.
As três Marias estavam lá e tinha uma outra estrela tão linda, tão brilhante e fiz um pedido aos céus: pedi que você estivesse pensando em mim naquela hora do mesmo jeito.
Inocência fazer pedido a estrelas? Pode ser, mas ás vezes temos que acreditar em algo quando os nosso sonhos parecem distantes.



05/11/2015

"E sem ter noção avesso á razão meu coração segue as estrelas"

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Amanheceu


Hoje eu estava ouvindo Scalene- Surreal e acabei lembrando de vários momentos nossos. De quando você me "apresentou" a banda e  de quando a ouvíamos juntos. Mas um momento especial fez lágrimas brotarem dos meus olhos.

Era tarde estávamos sentados no sofá, você pegou o violão e me entregou o seu celular e então começou a dedilhar Amanheceu. Antes você me explicou toda a história da música, enquanto eu segurava o celular para você acompanhar as notas e cantamos juntos.

Sabe é dessas coisas que sinto falta...dessa sintonia nossa. Ás vezes parecíamos apenas um. E eu estava feliz, apenas em estar ali cantando uma música. Mesmo errando o tom ou o tempo. Você continuava tocando e éramos uma dupla perfeita.

"Amanheceu, diz que não vai mais chover..."

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Antes que termine o dia

Antes que termine o dia (2004)

Até onde nossas escolhas afetam e alteram o nosso destino? Seria o destino inalterável?
E se você tivesse apenas um dia com a pessoa que ama?

Semana passada estava procurando um filme para assistir e acabei em deparando com esse. O filme fala sobre amor, destino e escolhas e apesar de algumas cenas serem bem "melosas" gostei do enredo.



E para completar a música da trilha sonora é muito linda e faz parte dessa cena...


Apesar de não ter nada de "extraordinário", o filme é leve e bonito e já se tornou um dos meus favoritos.

p.s- As imagens utilizadas nessa postagem não são de minha autoria.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Válvula de escape



-
Imagem: We heart it

COVARDE!!! Ela gritou o mais alto que conseguiu.

Cuspiu toda sua ira violentamente nas palavras.
Jogou o livro contra a parede e afogou a cabeça no travesseiro.
Estava sem ar.

Achou que iria ser diferente. Porque ela tem essa teimosia que chega a irritar. Ela acredita mesmo quando não há mais motivos.
O livro amassado, o coração em pedaços.

Como ele pode desistir tão fácil?
Como ele pode abrir mão da felicidade de ambos?

COVARDE!!!- gritou mais uma vez e sentiu o gosto do sangue em sua garganta.

Ele tinha saído sem nada dizer, sem dar explicações.
Ela sabia que não era perfeita, mas também não viu motivos para ele agir dessa maneira.

Ele a amava e ela sabia disso, viu em seus olhos estava lá.
Então por que ele foi? Por que a deixou sem respostas?

A angústia a consumia por dentro.
Então respirou e agarrou-se nas palavras como sua salvação.

Eram a sua válvula de escape para a realidade asfixiante.