domingo, 30 de agosto de 2015

Sobre a ingenuidade de se acreditar no bem.


"A vida é toda roxa, cheia de hematomas."
Simonami- Trouxa


Não sei exatamente qual a origem do mal e a essa altura nem me importa mais. Mas eu sei que ele existe e existem pessoas más.
Tive a sorte ou azar não sei de sempre acreditar no melhor das pessoas, sempre tentar ver nela o que ninguém vê.
Mas e quando as pessoas não tem um melhor?
Sempre agi achando que as pessoas agiriam positivamente ou seriam sinceras da mesma forma, mas o que tenho aprendido DOLOROSAMENTE é que existem pessoas de todo tipo e existem pessoas más.
Pessoas que mentem com o intuito de destruir alguém, caluniam, causam mágoas e sabe de uma coisa? O mundo prefere pessoas assim.
Não sou perfeita longe disso mas não consigo machucar alguém simplesmente por machucar para destruir. Esse mundo anda doente e ás vezes me sinto envergonhada de habitar aqui, sério.
No mundo de hoje eu sou uma trouxa, não passo de uma ingênua que tenta acreditar no bem.
Mas no fundo ninguém se importa. Todos preferem viver com suas máscaras, mentiras e alegrias superficiais. Ninguêm quer ser um trouxa...


quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Uma terça qualquer

                                                    Imagem: Pinterest

Eu posso te contar uma coisa? Tenho andado bem triste ultimamente.
Uma mistura de saudade e tristeza.
A verdade é que sinto falta da nossa rotina juntos.
Conversar no banco da praça, almoço aos domingos, sair com os amigos em comum.
Esses dias tenho acordado pequena, calada.
Os dias passam devagar e eu durmo na esperança que eles passem depressa.
Porque eu queria você aqui ou que eu estivesse aí. Tanto faz, desde que estivéssemos juntos.
Porque sem você meu sorriso é menor e os meus olhos já não brilham tanto.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Embaraço

Imagem: Google

Embaraço- me nessas tortas linhas tentando desvendar-me.
Enlaço-me nas palavras buscando solução.
O tempo passa e eu sigo.
O problema é...para onde?
Tenho certeza de quem sou, de que serei?
O que restou?
Caminhos, bifurcações, escolhas e a partir delas inúmeras variáveis.
Então preciso de tempo. Tempo para respirar e olhar para dentro.
Porque aqui dentro está uma bagunça e eu preciso arrumar.

12/08/2015

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

(MEME) COMPLETE AS FRASES

A linda da Magda do Psicoflores me indicou para responder esse meme...vamos esticar os dedos e vamos lá...

Sou muito chata- sou chatíssima e de TPM pior ainda...sério.

Não suporto mentira- sério prefiro que me falem uma verdade que doa do que mentiras e quando descubro viro uma fera

Eu nunca surfei , é uma vontade que tenho rs

Eu já briguei com garotos, sim já discuti e até bati em garotos que procurassem gracinha demais.

Quando criança eu já subi em um telhado, mas foi uma necessidade. Minha irmã ficou presa no quarto e tive que pular a janela da sala e subir no telhado do vizinho para entrar no quarto pela janela e abrir a porta, pois ela não estava conseguindo abrir.

Nesse exato momento estou sentada em frente a mesa do computador, respondendo esse meme rs

Eu morro de medo de escuro. não sei se é medo mas fico bastante incomodada.

Eu sempre gostei de livros. Amo ler desde pequena, gibis, revistas, livros.

Se eu pudesse viajaria sempre. Amo viajar, conhecer lugares novos, comidas e paisagens diferentes.

Fico feliz quando me surpreendem, uma bala, um bilhete, uma rosa, uma ligação. Amo surpresas.

Se pudesse voltar no tempo eu arriscaria mais, perdemos muito tempo e muita vida por medo de arriscar.

Quero muito viajar para Chapada Diamantina. Claro que também queria conhecer a Itália e o Japão, mas antes eu queria conhecer esse paraíso baiano.


Eu preciso tirar minha habilitação. Tenho 25 anos e ainda não prendi a dirigir.

Não gosto de ver as pessoas chorarem, fico triste.

P.s- Todas as imagens foram retiradas do Google 



sábado, 15 de agosto de 2015

PERFEIÇÃO

Imagem: Google
Todos procuram por ela, onde quer que estejam. Nos mais diversos locais e em todas as pessoas. Todos anseiam e buscam pela perfeição. Todos sentem a necessidade de serem perfeitos, ou então encontrar alguém que assim seja.
Expectativas acima do normal e queremos que o outro supra essas expectativas. O que acontece é que na maioria das vezes esquecemos que somos imperfeitos, falhos, humanos.
Somos seres em construção, inconclusos e cobramos no outro aquilo que não somos ou não conseguiremos ser... Então nos frustramos...
Queremos que o outro acerte, porque muitas vezes não conseguimos lidar com as nossas próprias falhas. E não sabendo lidar com nossas próprias falhas cobramos ainda mais de nós e do outro. E isso se torna um ciclo vicioso que vai virando uma bola de neve. Ai que chega um dia em que a gente simplesmente esgota/explode. Não conseguimos mais lidar com a pressão da sociedade e com a competição que travamos com nós mesmos. Não conseguimos encarar o nosso próprio reflexo no espelho e admitir pra nós mesmos que tudo isso é culpa exclusivamente nossa e de mais ninguém. Dói muito perceber que não conseguimos abraçar o mundo, dói admitir e assumir os erros, dói ter que abandonar concepções pra mudar. Os ombros pesam, os olhos chovem, o coração dispara e ai crescemos. Crescemos quando analisamos nossas atitudes e percebemos que todo mundo é falho, Que que não da pra cobrar perfeição dos outros e muito menos de nós mesmos. Por um único motivo: Somos humanos e não máquinas. Não somos programados para executar tarefas espetacularmente bem. Somos feitos pra sentir, viver, amar, falhar e aprender com nossas falhas. Por isso meu amigo, tire essa sua máscara de perfeição, vista o seu melhor sorriso e vá ser feliz.

Texto em colaboração com a linda Ariana Coimbra do blog Pensamentos em Palavras

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Ás vezes é preciso ir

Foto: Paulo Ricardo

Ás vezes é preciso ir.

E para ir é preciso não ter bagagens.
Não estou falando de malas, estou falando de bagagens no peito.
É preciso não ter pedras, nem rancor.
É preciso não deixar assuntos mal resolvidos.
Para ir é preciso coragem.
É preciso deixar o passado no seu lugar...atrás
É preciso força
É preciso reconhecer os erros e fazer tudo novo...de novo, de novo e de novo.
Quantas vezes preciso for.
Para ir é preciso caminhar.

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

O que é que a Bahia tem?

Bento Simões; Foto: Talita Carvalho

Sempre fui apaixonada pela minha cidade natal- Salvador-BA. Porém devido a descuidos de uma má gestão e, atualmente devido ao trânsito tenho uma relação de amor e ódio com ela.
Ontem eu estava lendo uma revista - Muito (Jornal A Tarde) e tive uma ideia para o blog.
De uns tempos para cá eu tenho me apaixonado não apenas pela natureza mas também pela cultura baiana: culinária, escritores, artistas e cantores.
Não me refiro apenas a Salvador, mas a outras cidades também. Aqui em nosso estado há uma riqueza diversa e pouco valorizada.
Então...sem mais delongas, resolvi criar no blog um espaço para relatar, (pois não sou jornalista, fotógrafa, ou blogueira profissional) minhas paixões e interesses baianos.
Fotos, trechos, poesias, nomes. Tudo que inspira será postado no marcador: O que é que a Bahia tem?
A Bahia não é só carnaval, nem só rede e água de coco. A Bahia é muito mais e é isso que quero mostrar aqui.
Sintam-se a vontade para contribuir, podem enviar dicas de materiais, sites,  receitas e blogs nos comentários.

Nos vemos aqui.