terça-feira, 4 de setembro de 2012

Gritos do silêncio.


Sou forte.
(Não sou forte, a  verdade é que estou desabando por dentro e ninguém percebe. Estão todos ocupados demais)
Mas eu sou forte, tenho que ser. Pessoas precisam de mim.
O meu silêncio não é normal são gritos inaudíveis por seres humanos. Ninguém ouve.
Estou agarrando nas únicas pontas de Fé que ainda existem. Sou forte.
Meu mundo...que mundo? Se desfaz...preciso de forças para reconstruir...
Então Te entrego o meu silêncio, com todos os gritos e súplicas que nele se encontram.
Você Deus escuta meu silêncio.

2 comentários:

Toque uma nota.