sábado, 8 de junho de 2013

A casa é sua


A casa é sua pode entrar pequena.Tire os sapatos, coloque-os onde quiser. Preparei um chocolate quente para você e coloquei a sua música favorita para embalar essa tarde de inverno. Se você quiser posso embalar teu sono, ou te trago um café, ou faço um cafuné. Ah pequena entre e fique, faça daqui o seu lar. Que eu encontre fios dos teus cabelos ruivos no meu paletó e que seu perfume fique espalhado pela casa. e que eu acorde todos os dias olhando para o teu lindo sorriso. Ah menina, fique!

A casa é sua, pode entrar.

6 comentários:

  1. Quando o amor entra na nossa casa, é só alegria, só poesia, né?
    =D

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  2. Belos convites certamente não colecionam recusas. Justamente como esse texto.

    ResponderExcluir
  3. Com um convite desses fica inadmissível recusar!
    Amei o texto Tally!

    ResponderExcluir

Toque uma nota.