quinta-feira, 25 de julho de 2013

Carta sem remetente.

Imagem: We heart it

Te escrevo essa carta sem remetente. Para não saber que sou quem te escreve, para que não descubra o quão fraca sou sem você.
Queria saber como você está. Vou te dizer: fica cada vez mais difícil essa distância entre nós, esse laço desfeito que você insistiu em desatar.
Mas sabe de uma coisa? Eu prefiro te ver livre, mesmo que para isso eu fique presa a saudade e a solidão.
Te escrevo essa carta por mim também, para que eu tenha forças para continuar. Continuar de pé não é tão fácil assim. 
Te quero bem, meu bem querer.

Te escrevo uma carta sem data por acreditar no futuro.
Te escrevo uma carta sem remetente na esperança de você voltar.

2 comentários:

Toque uma nota.