quarta-feira, 25 de maio de 2016

Um café, dois sorrisos


Ele levantou cedo, escovou os dentes e pôs-se a preparar o café. Ela continuou na cama dormindo um pouco mais (como era de seu costume). Ao acordar, se deparou com o cheiro na cozinha, o cheiro bom de café e pão quentinho.
- Bom dia, dorminhoca...
- Bom dia. Preparou o café tão cedo assim? (sorriu)
- Digamos que quero aproveitar melhor cada minuto desse dia.

Ela vestia uma blusa de alguma banda de rock antiga que pegou no guarda -roupa dele e um pijama. Passou as mãos no cabelo tentando alinhar os fios e sorriu envergonhada. Tomou um gole do café e disse:

- Sabe, eu tenho pensado muito...
- Em que ?
- Em quanto tempo perdemos,(falou como tristeza na voz)
- Não penso assim. Penso que agora estamos onde deveríamos estar.
- Mas amanhã eu pego o primeiro voo e você sabe...não sabemos.
- Eu sei que não sabemos e tudo bem.

Segurou a mão dela e tomaram o  café da manhã, não sabiam se seria o primeiro de muitos outros juntos ou o último mas sentiam o gosto da cumplicidade a cada gole...



Continua...

8 comentários:

  1. Que texto maravilhoso ❤
    Amei o blog.
    Sucesso!

    http://letsdriink.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Lindo <3
    Me deu um aperto no coração....

    www.chaeamor.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom te ver por aqui =)

      Obrigada pela visita.

      Excluir
  3. Ainda bem que continua, porque deu vontade de saber mais sobre essa história!
    Quem são esses dois? E esse cafezinho?!
    Um abraço, Tally!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deisocaaaa, rs anda tem muita história pela frente.

      Beijos

      Excluir
  4. Nossa que dorzinha aqui no peito, achei perfeito.
    Parabéns moça. ♥
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      E obrigada pela visita, sinta-se em casa!

      Bjo

      Excluir

Toque uma nota.