22 de outubro de 2017

O moço da calçada.


Nesses passos tortos te encontrei por aí sentado em uma calçada olhando a vida passar.
A vida passa depressa meu bem, mas você parecia não se importar com isso. Com o seu sorriso largo me convidou para sentar também.
- Vem vê ...como correm essas pessoas, não apreciam o sabor do caminhar.
Um dia eu te dei a mão, no outro você me deu a sua e seguimos juntos na contramão do destino.

2 comentários:

  1. Muito bom! Parabens, uma simples reflexão do mundo atual, as pessoas andam tanto em busca de alcansa as riquezas e esquecem o mais belo da vida. Nesse caso da poesia, ele a viu.

    ResponderExcluir

Toque uma nota.

arrows0d7e3.png arrow9ae45.png construction3263b.png
© Notas de um coração | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.