16 de outubro de 2018

Ao amigo que se foi


Foi em uma tempestade que nos separamos. Um vendaval sem tamanho mexeu nos alicerces da nossa amizade. Todas as nossas certezas foram abaladas.
Eu sinto falta das nossas conversas diárias , piadas e risadas, ligações. Sinto falta das nossas confidências e histórias. Não sei porque perdemo-nos. Talvez até saiba, mas é difícil aceitar.
Tenho tanta coisa para te falar mas faltam-me as palavras, estamos a uma ligação de distancia e eu queria ligar e dizer que está tudo bem, mas não está. Eu acreditei que me afastando de você ficaria melhor, mas não.
é difícil não te ver no futuro e é difícil não te ter no presente. Eu só queria que tudo ficasse em paz.
Queria poder te abraçar e saber que vai ficar tudo bem, mas não tenho essa certeza.
Se fosse possível recomeçar, tentaria não errar tanto. Mas eu sinto muito e sinto demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toque uma nota.

arrows0d7e3.png arrow9ae45.png construction3263b.png
© Notas de um coração | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.