sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Amor que transborda

Te amo. Amo cada pedacinho teu.
Amo o seu sorriso assim, meio de lado. 
Amo o seu olhar desviado.
Amo o som da sua voz.
Amo quando segura a minha mão. (Se eu pudesse seguraria para sempre).
Amo o seu jeito de me deixar sem graça e quando fala que me acha inteligente.
Amo quando você confia em mim, quando sabe e valoriza o fato de eu estar ao teu lado.
Amo cada detalhe: suas mãos, sua letra, sua poesia, sua música.
Eu te amo e é tanto amor que não cabe.
É tanto amor que transborda.
Transborda e escorre em forma de texto, em forma de poesia, em forma de canção.
Transborda de todas as formas possíveis para te preencher.

4 comentários:

  1. Ahhh, que sublime!

    Como é bom tem um amor que transborda, assim, só pra nós!

    Senti melodia ao ler teu texto. Suave e doce.

    Beijos
    M.Q.

    ResponderExcluir
  2. =) O tema me inspirou, na verdade tinha escrito outro texto mas ao dar continuidade a leitura do livro desse mês (O CASAMENTO) e recordando de algumas coisas acabei escrevendo esse.

    Amores assim nenhuma palavra descreve.

    ResponderExcluir
  3. É tão bom ter um amor que transborda! Melhor ainda é ter um amor que te preenche! Muito lindo o texto. :D

    ResponderExcluir

Toque uma nota.