segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Querida Sophie (2)


Estou tão longe de ti querida, tão longe de te encontrar. ás vezes penso que isso não será possível. Sabe Sophie aqui na Terra está difícil: guerra, falta d' água e principalmente falta de amor. Há dias que choro, outros simplesmente prefiro não ver as notícias.
Queria um mundo melhor para você filha e queria ser uma pessoa melhor também.
Não sei se um dia você chegará a ler essas cartas, mas quero que saiba que dos meus sonhos você é o maior.
Essa semana vi um bebê sorrindo e imaginei como será quando eu te segurar pela primeira vez em meus braços.
Espera mais um pouco filha que eu peço ao Pai do céu para abençoar o nosso encontro.

Com amor, mamãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toque uma nota.